Filosofia E Estética | H. R. ROOKMAAKER

Filosofia E Estética | H. R. ROOKMAAKER

FRETE GRÁTIS

Estoque: 1 Marca: Editora Monergismo

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete

Descrição

_x005F_x000D_ _x005F_x000D_

Decerto nenhum aspecto da realidade, incluindo obviamente a arte, sobrevive ou tem sentido em si mesmo quando isolado de sua coerência mútua com os demais aspectos; porém, cabe-nos então a pergunta: é necessário que a arte, e em especial a arte cristã (que não necessariamente é arte sacra), submeta-se a algum projeto moralizante ou doutrinário a fim de que o artista cristão cumpra sua vocação e propósito? A resposta, talvez surpreendente para aqueles não familiarizados com o pensamento de Rookmaaker, é uma negação impetuosa. De fato, habituamo-nos com a afirmação: a arte não precisa de justificativa; isto, contudo, não significa - para valermo-nos do vocabulário de Herman Dooyeweerd, tão caro à análise estética presente nesta obra - uma pretensa autonomia da arte, como se fosse possível olharmos para um quadro ou lermos um poema sem que nossa sensibilidade e juízo não se ?Contaminassem? com os valores que nos são mais caros.

_x005F_x000D_ _x005F_x000D_

Entretanto, é de igual modo importante afirmarmos que, como qualquer outra estrutura da criação divina, a estética possui a soberania de sua própria esfera, sendo regida por técnicas, instrumentos e princípios próprios, e por isso não pode capitula-se ou submeter-se a demandas que não reconheçam a importância e irredutibilidade da beleza. Nas palavras do autor: ?O aspecto estético é normativo. Isso quer dizer que Deus instituiu este aspecto na ordem do mundo, em que as normas são instituídas, em princípio. Nada pode ser belo se não satisfaz essas normas?.

_x005F_x000D_ _x005F_x000D_

Se, grosso modo, a arte é a produção de beleza por parte dos homens segundo determinadas técnicas (lembremos que o termo do grego clássico para arte é techné) submetidas a uma Ideia geral que, por sua vez, é expressa com o vigor, pathos ou verve próprios do espírito do artista, então, nesse aspecto, como afirmava Doroth Sayers, a criação artística, a formação de universos de beleza, é um dos aspectos da imago Dei no homem.

_x005F_x000D_ _x005F_x000D_

 

_x005F_x000D_ _x005F_x000D_

Informação adicional

_x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_ _x005F_x000D_

Título_x005F_x000D_

Filosofia e Estética | H. R. ROOKMAAKER

_x005F_x000D_
Peso0.460 kg
Dimensões24 x 17 x 2 cm
Autor_x005F_x000D_

H. R. ROOKMAAKER

_x005F_x000D_
Editora_x005F_x000D_

Monergismo

_x005F_x000D_
ISBN_x005F_x000D_

9788569980537

_x005F_x000D_
Páginas_x005F_x000D_

216

_x005F_x000D_
Ano_x005F_x000D_

2018

_x005F_x000D_
Acabamento_x005F_x000D_

Capa dura

_x005F_x000D_

_x005F_x000D_

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira os produtos